Principais patrocinadores: Pfizer Ipsen Novartis
LOGIN:
Password / Username incorrectos
Recuperar Palavra-passe

Dicionário

11.Jul.2011 < Anterior
A torção do testículo ocorre quando o testículo roda sobre o cordão espermático, que faz a irrigação sanguínea do testículo. Esta rotação diminui ou corta o fluxo sanguíneo e causa inchaço , dor súbita e por vezes severa.

Descrição

A torção do testículo ocorre quando o testículo roda sobre o cordão espermático, que faz a irrigação sanguínea do testículo. Esta rotação diminui ou corta o fluxo sanguíneo e causa inchaço , dor súbita e por vezes severa. A torção é mais comum em jovens entre os 10 e os 25 anos, podendo no entanto ocorrer em qualquer idade.

Normalmente requer uma cirurgia de urgência. Se a torção for tratada rapidamente, em poucas horas, normalmente o testículo pode ser salvo. Quando a irrigação sanguinea foi interrompida por demasiado tempo, o testículo pode ficar tão danificado que tem que ser removido


Diagnóstico

Sintomas

Os sinais e sintomas da torção do testículo incluem:

• Dor súbita e severa no testículo

• Inchaço do escroto – um saco de pele por detrás do pénis e que contem os testículos

• Nauseas e vómitos

• Dor abdominal

• Quando a dor desaparece sem nenhum tratamento é porque provavelmente o testículo rodou novamente desfazendo a torção (torção intermitente ou distorção)

Quando consultar o médico

Em caso de dor súbita e severa deve procurar rapidamente urgência médica. Se tiver uma torção do testículo quanto mais rápido for o tratamento, menores serão os danos ou até a eventualidade de perda do testículo.

Causas

A torção do testículo ocorre quando o testículo roda sobre o cordão espermático, no sentido ascendente para o abdomen. Esta rotação, reduz ou corta o fluxo sanguineo para o testículo. Se o testículo rodar muitas vezes, este fluxo pode mesmo ser bloqueado, causando danos que podem ser irreversíveis.

A torção do testículo, é muitas vezes uma condição hereditária, mais frequente quando já houve outros casos na família.

Nos homens de risco, esta condição acontece sem nenhuma causa desencadeadora aparente. Os sinais e sintomas podem aparecer por:

• Actividade física

• Danos no escroto

• Durante o sono

Complicações

A torção do testículo pode causar as seguintes complicações:

• Dano ou morte do testículo. Se não for tratada rapidamente, o fluxo sanguíneo bloqueado, pode causar danos permanentes e mesmo morte do testículo. Se estiver seriamente danificado, o testículo tem que ser removido cirurgicamente.

• Fertilidade. Nalguns casos os danos ou perda do testículo afectam a fertilidade.

Testes e diagnóstico

O seu médico verificará se os sinais e sintomas correspondem a torção do testículo ou outra condição. Examina igualmente o escroto, o adbomen e as virilhas.

O médico quase sempre diagnostica a torção do testículo por um exame físico. Por vezes mais exames são necessários para confirmar o diagnóstico ou para ajudar a encontrar outra causa para os sintomas. Estes incluem:

• Análises à urina ou sangue, para ver se os sinais e sintomas são causados por uma infecção.

• Ecografia ao escroto, usando ondas sonoras de alta frequência para criar imagens do testículo e do fluxo sanguineo. A diminuição do fluxo sanguíneo para os testículos é um sinal de diagnóstico para a torção.

• cintigrafia dos testículos, injectam-se pequenas quantidades de material radioactivo na corrente sanguinea e câmaras especiais podem detectar áreas nos testículos que recebem menos fluxo sanguineo, confirmando que se trata de uma torção

• Cirurgia. por vezes é necessária para identificar se os sintomas correspondem a torção do testículo ou não


Tratamento

A cirurgia é necessária para tratar esta condição. Nalguns casos o médico consegue “distorcer” o testículo manualmente, mas continua a ser necessária a cirurgia para prevenir que a torção volte a ocorrer. Se a torção ocorrer antes do nascimento a cirurgia poderá não ser possivel.

A cirurgia é feita com anestesia geral, pelo que não estará consciente. É um procedimento rápido que geralmente não requer hospitalização. Durante a cirurgia são dados os seguintes passos:

• Uma incisão no escroto.

• Distorsão do testículo, se necessária

• fixar um ou ambos os testículos no interior do escroto para prevenir futuras rotações

Quanto mais cedo for efectuada a distorsão maior a taxa de sucesso do tratamento:

• Nas primeiras 6 horas o testículo pode ser salvo em 90% dos casos

• Após as 12 horas, a percentagem desce para 50%

• Após as 24 horas, a percentagem de sucesso desce para 10%

Após a cirurgia e durante algum tempo, deverá evitar esforços físicos, incluindo relações sexuais.

A torção dos testículos nos recêm nascidos e crianças

Nalguns casos a cirurgia é necessária para diagnosticar e corrigir a torção. Este procedimento pode prevenir futuros problemas na fertilidade e na produção hormonal.

• Após o nascimento se uma criança nasce com os sintomas, pode ser demasiado tarde para que uma cirurgia de emergência resolva a situação. Nalguns casos o médico pode recomendar , uma cirurgia para mais tarde, já não de urgência.

• Antes do nascimento. Se for caso disso, também pode ser encarada a cirurgia.


< Anterior
Patrocínios: Amgen JANSSEN ASTRAZENECA GSK Sanofi
\ © 2011 Grupo Português Genito Urinário